Seabra está entre os municípios que receberam o “Transparência dos Festejos Juninos” do Ministério Público da Bahia
  • Compartilhe:

Os municípios baianos que apresentaram, ao Ministério Público estadual, as informações relativas aos investimentos realizados com as contratações públicas de atrações artísticas para os festejos juninos de 2024 receberam o “Selo Transparência” da Instituição. integram o ‘Painel de Transparência dos Festejos Juninos nos Municípios do Estado da Bahia’, que atualizou de forma sintética, os valores […]

Os municípios baianos que apresentaram, ao Ministério Público estadual, as informações relativas aos investimentos realizados com as contratações públicas de atrações artísticas para os festejos juninos de 2024 receberam o “Selo Transparência” da Instituição.

integram o ‘Painel de Transparência dos Festejos Juninos nos Municípios do Estado da Bahia’, que atualizou de forma sintética, os valores informados e os municípios que disponibilizaram e que não encaminharam os dados.

“Nossa administração enviou de forma regular e dentro dos prazos exigidos, as planilhas de investimentos relativa aos festejos juninos de 2024, fazendo com que a cidade de Seabra fosse um dos municípios baianos convidados a receber a premiação com o ‘Selo de Transparência’ que foi entregue pelo Ministério Público da Bahia”, comemorou o prefeito Fábio Lago Sul.

“Acreditamos que eventos realizados no município, como o nosso tradicional São João, é uma forma de gerar emprego e renda durante este período do ano. Por isso, os recursos empregados nestes eventos devem ser tratados de forma séria e transparente”, concluiu o prefeito Fábio.

Entidades envolvidas

Essa iniciativa de incentivo à transparência pública e ao exercício da cidadania serve de apoio à gestão eficiente dos recursos públicos no fomento à cultura e ao turismo baianos. Ela foi concebida e desenvolvida pelo Ministério Público Estadual em parceria com os Ministérios Públicos de Contas junto aos Tribunais de Contas do Estado (MPC/TCE) e aos Municípios (MPC/TCM), Tribunais de Contas do Estado (TCE) e dos Municípios (TCM), Rede de Controle da Gestão Pública na Bahia e com o apoio da União dos Municípios da Bahia (UPB), União das Controladorias Internas da Bahia (UCIB), Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrea/BA), Universidade Federal da Bahia (Ufba) e Governo do Estado da Bahia.