Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães anuncia mais uma casa do Programa Meu Lar, desta vez na zona rural
  • Compartilhe:

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Junior Marabá, anunciou no dia 9 de maio, mais uma reforma do Programa Meu Lar. Desta vez serão contemplados o casal Maria, de 58 anos e Dionísio, de 62, primeiros beneficiários da zona rural do município, moradores do Distrito do Novo Paraná, comunidade localizada a cerca de 27 km […]

O prefeito de Luís Eduardo Magalhães, Junior Marabá, anunciou no dia 9 de maio, mais uma reforma do Programa Meu Lar. Desta vez serão contemplados o casal Maria, de 58 anos e Dionísio, de 62, primeiros beneficiários da zona rural do município, moradores do Distrito do Novo Paraná, comunidade localizada a cerca de 27 km do centro da cidade.

O casal, que reside no local há 17 anos, conseguiu erguer a sua casa com a ajuda de vizinhos e amigos, mas as dificuldades do dia a dia, impossibilitaram um lar do jeito que sempre sonharam. Falta cerâmica, reboco, pintura, forro, ou seja, de uma intervenção urgente da equipe de engenheiros do Meu Lar. Na residência vivem ao todo 10 pessoas, incluindo duas adolescentes e cinco crianças, netos do casal.

Durante a visita, o prefeito falou da importância de, através da reforma, oferecer mais dignidade para a família. “Esse é um caso de extrema necessidade, e vamos ter uma atenção toda especial nessa reforma, para trazer um ambiente melhor, com mais dignidade e qualidade de vida para a família de Dona Maria e Dionísio”, disse.

Reformas
Até o momento, 71 famílias já foram beneficiadas por meio das reformas do Programa Meu Lar, e outras quatro casas estão em fase de finalização.

Secretaria de Infraestrutura é fundamental para o Programa

Responsável pelos projetos, acompanhamento, fiscalização e gerência das obras do Programa Meu Lar da Prefeitura de Luís Eduardo Magalhães, a Secretaria Municipal de Infraestrutura e Urbanismo, que tem hoje no comando o secretário Agnaldo Antunes, é peça fundamental no andamento do programa.

Atualmente, com 71 casas entregues e quatro em obras, o programa gera direta e indiretamente 20 empregos diretos e indiretos para moradores do município. São pedreiros, ajudantes de pedreiros, pintores, eletricistas, dentre outros trabalhadores (as), que participam do processo de reforma das casas populares.

“É importante ressaltar como nós da infraestrutura estamos presentes nos diversos setores da gestão. No caso da Cidadania, por exemplo, a nossa equipe, por meio do nosso engenheiro Renato Almeida acompanha de perto o programa Meu Lar, garantindo que as pessoas que mais precisam tenham uma reforma de qualidade, com bons materiais, conforto e dignidade”, comentou o secretário Agnaldo Antune