Lula quer mais impostos para a população e fala em taxar até carnes
  • Compartilhe:

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a defender a aplicação de mais impostos, desta vez sugerindo uma diferenciação entre tipos de carne. Em entrevista à Rádio Sociedade de Salvador (BA) nesta terça-feira (2), Lula propôs taxar carnes que ele considera ser as mais caras, enquanto supostamente isentaria aquelas mais comuns na dieta do brasileiro, […]

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) voltou a defender a aplicação de mais impostos, desta vez sugerindo uma diferenciação entre tipos de carne.

Em entrevista à Rádio Sociedade de Salvador (BA) nesta terça-feira (2), Lula propôs taxar carnes que ele considera ser as mais caras, enquanto supostamente isentaria aquelas mais comuns na dieta do brasileiro, como frango e ovos.

“Temos que fazer diferenciação. Temos vários tipos de carne, tem a carne chique, [e] quem consome pode pagar um impostozinho. E tem a carne que o povo consome,” afirmou o presidente.

Ele mencionou que itens como frango e ovo fazem parte do dia a dia e, portanto, não precisariam ser taxados. “Uma carne, um músculo, coxão mole, tudo isso pode ser evitado” de taxar, completou.

Lula mencionou que já discutiu a questão com o ministro da Fazenda, Fernando Haddad, e o Tesouro Nacional. A mudança na taxação poderia ser implementada durante a regulamentação da reforma tributária no Congresso Nacional.

A investida, porém, deve enfrentar resistência o Legislativo, onde a reforma tributária já é um tema de alta complexidade e divergência.