Deputado acusa pré-candidato a vice-prefeito de Ibititá de ameaçá-lo de morte
  • Compartilhe:

O deputado estadual Cafu Barreto (PSD) afirma que foi ameaçado de morte pelo pré-candidato a vice-prefeito de Ibititá, Raul Bastos Machado. Segundo relato do parlamentar, Machado, que é médico, teria enviado áudio “com cobranças indevidas relacionadas a procedimentos hospitalares”. “Não solicitei, nem autorizei, nenhum exame, internação, atendimento ou cirurgia”, garante o deputado. O caso veio à tona após um áudio […]

O deputado estadual Cafu Barreto (PSD) afirma que foi ameaçado de morte pelo pré-candidato a vice-prefeito de Ibititá, Raul Bastos Machado. Segundo relato do parlamentar, Machado, que é médico, teria enviado áudio “com cobranças indevidas relacionadas a procedimentos hospitalares”. “Não solicitei, nem autorizei, nenhum exame, internação, atendimento ou cirurgia”, garante o deputado.

O caso veio à tona após um áudio supostamente gravado pelo acusado ter chegado ao conhecimento do deputado. “Se ele não me pagar, vou matar ele [Cafu] em praça pública pra todo mundo vê, vou meter o dedo (…) Eu tenho 60 anos e ele 40, vamos ver quem viveu mais (…) E outra coisa: deixei tudo aberto em casa… O que eu tiver é pra gastar pra não deixar nenhum deles vivo, nem um irmão, nada”, diz o áudio de 17 segundos, no qual o Bahia Notícias teve acesso.

Em nota, o deputado Cafu reiterou que “não devo nada a este indivíduo e confio plenamente no trabalho da Polícia e da Justiça. Mas, como as ameaças envolveram minha família, tive de pedir proteção às forças de segurança pública. A situação é grave, mas eu tenho fé em Deus! Por isso, enquanto a investigação estiver em andamento, vou seguir trabalhando normalmente em prol da Bahia”, concluiu.