Após indiciado, ministro das Comunicações disse que provará inocência
  • Compartilhe:

Depois que o Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, foi indiciado pela Polícia Federal por suposto desvio de dinheiro para obras públicas – enquanto ainda atuava como deputado – ele questionou o andamento das investigações. A declaração faz parte de um vídeo que o então deputado federal, do União Brasil, publicou nas redes sociais, nesta quarta-feira. […]

Depois que o Ministro das Comunicações, Juscelino Filho, foi indiciado pela Polícia Federal por suposto desvio de dinheiro para obras públicas – enquanto ainda atuava como deputado – ele questionou o andamento das investigações.

A declaração faz parte de um vídeo que o então deputado federal, do União Brasil, publicou nas redes sociais, nesta quarta-feira.

No vídeo, Juscelino Filho ainda explica que a investigação que o levou ao indiciamento nada tem a ver com a atuação dele como ministro do atual governo. E questionou a condução das investigações.

As investigações se referem a indicações de emendas parlamentares, quando Juscelino Filho exercia o cargo de deputado federal.

A PF vê indícios de ações ilegais em obras na cidade de Vitorino Freire, no Maranhão, onde a prefeita é Luanna Rezende, irmã dele.

Conforme apurado pela Polícia Federal, o dinheiro desviado teria ido para a pavimentação de ruas da cidade sob gestão da irmã de Juscelino Filho.

Ao se defender, o atual ministro disse que vai ter a inocência comprovada ao final do processo.

Fonte: Agência Brasil EBC