Apoio de vice de chapa de oposição em Seabra a Neto abre crise entre candidato a prefeito e Jerônimo
  • Compartilhe:

A escolha de um netista empedernido, Jorginho do Jatobá (MDB), para vice do candidato a prefeito da oposição em Seabra, Neto da Pousada (PCdoB), tem causado constrangimento à chapa e às relações do comunista com o governo do Estado no município que é considerado a capital da Chapada Diamantina. Para disfarçar seu vínculo com o […]

A escolha de um netista empedernido, Jorginho do Jatobá (MDB), para vice do candidato a prefeito da oposição em Seabra, Neto da Pousada (PCdoB), tem causado constrangimento à chapa e às relações do comunista com o governo do Estado no município que é considerado a capital da Chapada Diamantina.

Para disfarçar seu vínculo com o ex-prefeito de Salvador por dois mandatos, Jorginho do Jatobá, que chegou a coordenar a campanha de Neto ao governo na cidade, em 2018, e dele nunca se afastou, foi aconselhado a tentar apagar os vestígios de sua relação com o principal líder de oposição na Bahia.

Uma das medidas que tomou foi ‘deletar’ todas as publicações que o relacionavam ao maior representante do União Brasil em suas redes sociais, nas quais sempre foi muito ativo. Assim, apagou tudo com teor político até dezembro de 2022, deixando apenas os posts novos, nos quais surge como uma nova figura.

Entre eles, está um de abril de 2023, que praticamente marca a inauguração de sua nova fase política, em que aparece abraçado com o governador Jerônimo Rodrigues (PT). O problema é que vários registros de Jorginho do Jatobá criticando o PT e fazendo campanha para Neto não cansam de aparecer.

Turbinadas pelas redes dos adversários, as gravações circulam com intensidade no município e, o que é pior para ele e Neto da Pousada, passaram a chegar também à Governadoria, onde, segundo um petista, não estariam agradando nada ao governador.

Fonte: Política Livre